Terça-feira, 16 de Agosto de 2005
E assim se passa


por MCV às 23:35
endereço

3 comentários:
De Anónimo a 25 de Agosto de 2005 às 21:59
Muito giro!Laurindinha
(http://abrigodepastora.blogspot.com/)
(mailto:....@....)


De Anónimo a 17 de Agosto de 2005 às 20:46
Pois também tenho essa suspeita. Há uma espécie de teia de suposta complexidade sobre as coisas simples que tolda os olhos. Abraço
Manuel
</a>
(mailto:gasolim@hotmail.com)


De Anónimo a 17 de Agosto de 2005 às 12:06
Quem devia passar o óbvio aos vindouros, parece-me que o não chegou a apre[e]nder. Cumpts.Bic Laranja
(http://http//biclaranja.blogs.sapo.pt)
(mailto:biclaranja@sapo.pt)


Comentar post

ANO XV


EDITORIAL
. Posts recentes

Mourão, 2017

Albufeira de A...

Restos de colecção (82...

Fátima e o resto

Portugal, 2009

Rio Mira, 1988...

Alvor, 1989

São Salvador do Mundo,...

Janas, 2006

Portugal, 2008

. Arquivos
. Links