Sábado, 9 de Julho de 2005
Boatos
Sem falar nos boatos que têm interesses obscuros e mesquinhos, que desses não cabe aqui menção, há depois aqueles que apenas resultam da má transmissão, da má recepção, da imaginação fértil ou duvidosa do esconfique...

O esconfique é uma nascente abundante de boataria.
Resulta de uma leitura preconceituosa dos sinais. Que pode bem ser inocente. Nada maldosa. Às vezes até com alguma preocupação com terceiros.

Esconfique que vai nascer por aí mais um boato.
As condições estão reunidas. Depois não digam que eu não avisei.
E não. Não põe em causa o bom nome, a reputação de ninguém.


por MCV às 10:14
endereço

2 comentários:
De Anónimo a 10 de Julho de 2005 às 11:06
Pois é. Não passa de um palpite, dados os dados...
Suponho que há suficientes sinais. Mas eu sei que estas profecias acertam sempre. Nada como fazê-las vagas...:)
Abraço
Manuel
</a>
(mailto:gasolim@hotmail.com)


De Anónimo a 9 de Julho de 2005 às 22:57
Fiquemos então à espera....nikonman
(http://www.pracadarepublica.weblog.com.pt)
(mailto:joao.espinho@netvisao.pt)


Comentar post

ANO XV


EDITORIAL
. Posts recentes

Portugal, 2012

Lisboa, 2017

Sintra, 2016

E.N. 263, 2011

Póvoa de Varzim, ...

Portugal, 2008

Um caso clássi...

Memorandum

Portugal, 2006

Vila Franca de Xira, 2...

. Arquivos
. Links