Quarta-feira, 1 de Junho de 2005
Época balnear
Houve um tempo em que só no verão havia gelados.
Em que a fruta tinha também época e sabor.
Em que para chegar a certas praias era preciso ter cuidado para não ficar atascado na areia.
Em que se carregava a trouxa para casas junto ao mar.
Em que havia bolas Nivea.
Em que eu chegava preto ao fim do verão.



por MCV às 13:13
endereço

2 comentários:
De Anónimo a 2 de Junho de 2005 às 16:49
Esqueceste-te dos sapatos de plástico, aqueles de ir à água. Quero dizer - não te podias ter esquecido que eu nunca tive um par de coisas dessas.
Beijo
Manuel
</a>
(mailto:gasolim@hotmail.com)


De Anónimo a 2 de Junho de 2005 às 03:55
Pernas-de-pau em dias 'normais' e cornetos nos 'especiais', e Citroen a galgar terreno na estrada poeirenta, sem que se lhe visse condutor. :-) Recordações que nunca morrem. Beijo Manuel.riacho
(http://alfa-e-omega.blogspot.com)
(mailto:riacho@gmail.com)


Comentar post

ANO XV


EDITORIAL
. Posts recentes

Portugal, 2008

Um caso clássi...

Memorandum

Portugal, 2006

Vila Franca de Xira, 2...

Portagem, 2011

Foz Tua, 2016

Portugal, 2017

E.N. 246-1, 2011

Apúlia, 2017

. Arquivos
. Links