Domingo, 29 de Maio de 2005
O tempo das galinhas pretas
Ouvir o que quer que seja, por exemplo hoje da boca dos políticos e comentadores franceses, os mesmos que em 2002 asseguravam que a França virara à direita, ouvir o que quer que seja sobre causas e efeitos de um escrutínio, tal como na Espanha ou nos E.U.A. de 2004, tal como em qualquer lado e em qualquer altura, ouvir e prestar atenção é chegar, mais tarde ou mais cedo, à conclusão que não nos afastámos nada do tempo das galinhas pretas.
Ainda que os fatos sejam outros e que a colocação da voz seja mais educada.


por MCV às 22:25
endereço

4 comentários:
De Anónimo a 30 de Maio de 2005 às 16:46
Pois é, amigo. Temo que não. Não se sacrificam já as galinhas (será caso?) mas a razão também não ganhou terreno.
Um abraço
Manuel
</a>
(mailto:gasolim@hotmail.com)


De Anónimo a 30 de Maio de 2005 às 16:06
Quer isso dizer que não se passa do mesmo, manuel?Yardbird
(http://www.novosvoos.blogspot.com)
(mailto:yardbird2504@gmail.com)


De Anónimo a 30 de Maio de 2005 às 15:22
Vejamos então o que se segue... Abraço
Manuel
</a>
(mailto:gasolim@hotmail.com)


De Anónimo a 30 de Maio de 2005 às 03:39
Está parecendo que os franceses são os argentinos da europa, hehehe...OrdisiRaluz
(http://ordisiraluz.zip.net)
(mailto:ordisi@uol.com.br)


Comentar post

ANO XV


EDITORIAL
. Posts recentes

Portugal, 2016

Mourão, 2017

Albufeira de A...

Restos de colecção (82...

Fátima e o resto

Portugal, 2009

Rio Mira, 1988...

Alvor, 1989

São Salvador do Mundo,...

Janas, 2006

. Arquivos
. Links