Sexta-feira, 8 de Abril de 2005
8 de Abril
Não vou ver o teu nome escrito na pedra que os anos escureceram. Estive por aí há menos de um mês acompanhando mais um dos teus bons amigos, de quem te fizeste primo. Neste último ano desmanchámos a velha casa. Mas ainda está no mesmo sítio o cadeirão onde te sentaste para sempre. É das poucas coisas que resta. As tuas árvores continuam a resistir e mais algumas das tuas obras vão passando os cinquenta com ares de moças novas. O teu filho mais novo casou, um pouco mais novo do que tu - não esperou pelos 40. Ainda não tens netos mas talvez para o ano haja mais um do teu nome. espólio Campos Vilhena - autor desconhecido


por MCV às 00:33
endereço

5 comentários:
De Anónimo a 9 de Abril de 2005 às 04:34
Saudades de alguém????Lilian
(http://www.lili-carabina.blogger.com.br)
(mailto:justlilian@msn.com)


De Anónimo a 8 de Abril de 2005 às 18:48
Sim. Neste caso referia-me mais às pessoas que são nossas e ao que ouvimos acerca delas. O mesmo se aplica, como bem disseste, ao que escrevemos e às reacções que obtemos. Às vezes penso que sou demasiado alentejano, demasiado imune a elogios - não a meu respeito mas a respeito dos meus. Outro beijo
Manuel
</a>
(mailto:gasolim@hotmail.com)


De Anónimo a 8 de Abril de 2005 às 18:35
Estou em crêr que bastantes comentários pertencem de facto a essa classe. No entanto há uma boa parte deles que falam com sentimento; após a devida assimilação da mensagem e, acima de tudo, reflectindo em si mesmo o que acabaram de ler. Daí a pureza da observação. Depressa nos apercebemos da diferênça entre uns e outros :-) mas duvidar regrado, é saudável. Um beijo.riacho
(http://alfa-e-omega.blogspot.com)
(mailto:riacho@gmail.com)


De Anónimo a 8 de Abril de 2005 às 18:22
24. Temos por vezes esta dúvida do subjectivismo. Os nossos são melhores só porque são nossos? Todos os encómios das bocas alheias são apenas cortesia? Porventura, uma inutilidade esta dúvida. Como todas, de resto. Beijo.Manuel
</a>
(mailto:gasolim@hotmail.com)


De Anónimo a 8 de Abril de 2005 às 07:48
... 24, portanto :-). O peso com que certos seres nos marcam, é impressionante. riacho
(http://alfa-e-omega.blogspot.com)
(mailto:riacho@gmail.com)


Comentar post

ANO XV


EDITORIAL
. Posts recentes

Portugal, 2016

Mourão, 2017

Albufeira de A...

Restos de colecção (82...

Fátima e o resto

Portugal, 2009

Rio Mira, 1988...

Alvor, 1989

São Salvador do Mundo,...

Janas, 2006

. Arquivos
. Links