Segunda-feira, 6 de Dezembro de 2004
Restos de colecção (5)
Os mapas, as cartas, perseguem-me.
Poderia fechar-me, como a personagem de Marquez, num quarto com mapas. Dispensando os instrumentos de navegação.
De dentro de livros, saem as mais estranhas indicações.



por MCV às 17:25
endereço

ANO XIV


EDITORIAL
. Posts recentes

Lisboa, 2012

Mourão, 2013

A cadela que pariu qua...

Lisboa, 2010

Sines, 2011

Estação C.F. de Queluz...

Lisboa, 2008

Sem (saber) le...

Porto Brandão, 2009

Amora, 2012

. Arquivos
. Links