Quarta-feira, 27 de Outubro de 2004
Pontos de vista
Quando este episódio se passou, uns bons catorze anos atrás, apenas desencadeou um singular conjunto de apostas que quase comprometeu o ordeiro regresso a casa, no final do primeiro dia de obra, em certa povoação na qual o nosso guia tinha cumprido serviço militar.
As apostas, é bom de ver, tiveram o seu terreno fértil na desorientação do guia.
Hoje, ao olhar para esta situação, ocorre-me compará-la com muitas outras, que quase todos os dias vemos e ouvimos.






por MCV às 20:52
endereço

2 comentários:
De Anónimo a 28 de Outubro de 2004 às 13:58
Coisas que nos lembram, sabe-se lá como, e de repente passam de anedotas a metáforas...Manuel
</a>
(mailto:gasolim@hotmail.com)


De Anónimo a 28 de Outubro de 2004 às 11:44
É uma comparação muito bem conseguida.MAD
(http://www.aliciante.weblog.com.pt)
(mailto:green_mad_eyes@hotmail.com)


Comentar post

ANO XIV


EDITORIAL
. Posts recentes

Mais um para a conta

Estação C.F. de Lisboa...

Vila Nova de Milfontes...

Vila Viçosa, 1989

Portugal, 2015

Estação C.F. da Funche...

Azenhas do Mar, 2008

Estação C.F. da Cruz Q...

Águas Livres, 2006

Setúbal, 2006

. Arquivos
. Links