Domingo, 3 de Outubro de 2004
Música
Já aqui falei dessa minha inaptidão.
Que não é a única.
Há quem ache que é estúpido alguém gabar-se da sua inaptidão para a matemática, para o desenho, para trabalhos manuais, etc.
Não sei se gabar é o verbo correcto. Embora haja casos em que parece isso mesmo.
Não me gabo, tão pouco me importa se parece estupidez ou não.
Mas é o que constato. Sou uma nulidade no campo da música. Com toda a certeza.
Por isso mesmo, a tal tarefa a que me propus, de reunir trechos musicais, canções que tivessem em alguma altura da minha vida sido o fundo das circunstâncias, não é uma tarefa fácil.
Claro que só é possível hoje dadas as facilidades de pesquisa que a rede nos proporciona.
Um verso, basta um verso de uma canção e apanha-se o fio à meada.
Já no caso da música sem voz, a coisa é muito mais intrincada.
Depois, depois de reunir um número considerável de peças, de as ouvir com alguma atenção, fica um certo espanto.
O espanto de como certas coisas quase inaudíveis se perpetuaram na memória.
E o espanto de imagens se formarem a partir de notas musicais, roufenhas ou claras como a água.


por MCV às 20:50
endereço

3 comentários:
De Anónimo a 5 de Outubro de 2004 às 15:03
É de facto espantosa a aptidão da música em nos espelhar rostos, lugares, emoções, cheiros... passados.
Não acredito que sejas tal nulidade em relação à música :-) ... cada um de nós é perito justo das nossas recordações.
Beijinho Manuel.riacho
(http://www.alfa-e-omega.blogspot.com)
(mailto:riacho@gmail.com)


De Anónimo a 4 de Outubro de 2004 às 16:48
A sério? De qualquer forma, é minha intenção fazer um post sobre isso, com mais detalhe.
Talvez que, para aqueles que têm uma idade próxima da minha, algumas das circunstâncias em que se ouviu certa música não sejam estranhas.
Mas, por enquanto, a coisa ainda está a tomar forma.
Um abraçoManuel
</a>
(mailto:gasolim@hotmail.com)


De Anónimo a 4 de Outubro de 2004 às 02:59
Gostaria imenso de escutar esta "Trilha Sonora da Sua Vida"... É uma idéia deveras interessante, ainda mais se contarmos que foi realizada por alguém que se auto-denomina inepto para a música.

Tens como me mandar esta seleção (ou o nome das músicas) para que possa escutá-las?Rafael Reinehr
(http://escreverporescrever.blogs.sapo.pt)
(mailto:superjazz7@terra.com.br)


Comentar post

ANO XIV


EDITORIAL
. Posts recentes

Estação C.F. da Pampil...

Portugal, 2013

A transitar, em 2016

Memória telúrica

Portugal, 2013...

Vila Nova de Milfontes...

E.N. 268, 1988

Lisboa, 2007

Tudo a zeros

E.N. 3-13, 2013

. Arquivos
. Links