Sábado, 2 de Outubro de 2004
Jornais e lentes


Um mistério que para sempre ficará por resolver é o de os jornais haverem saído, anos a fio, daquela casa com milhentas sílabas sublinhadas a azul e, em certas épocas, só em certas épocas, com múltiplas queimadelas de aparente cigarro.
Mas não era cigarro.
Era a minha lente a funcionar.
Já nunca percebi o que levava o meu tio a sublinhar uns 5 a 10% das sílabas, não das palavras, não das frases.
Nunca ele se queixou de eu lhe queimar as margens dos jornais.
Nunca eu adivinhei o seu propósito ou lhe perguntei por quê.
Passávamos horas sem pronunciar uma única palavra.

P.S. - Além dos traços azuis subsilábicos, havia também uns números, de onde em onde.

imagem adaptada de


por MCV às 18:59
endereço

3 comentários:
De Anónimo a 3 de Outubro de 2004 às 15:25
Tio sábio. É o que há a fazer com as notícias. Sublinhar sílabas. Em azul, por supuesto. Vou imitá-lo. Aperfeiçoá-lo, talvez. Sublinhar só os sinais diacríticos, talvez.Santos Passos
(http://www.mblog.com/santos_passos)
(mailto:santos.passos@uol.com.br)


De Anónimo a 3 de Outubro de 2004 às 09:16
Criptografia?...
</a>
(mailto:....@....)


De Anónimo a 2 de Outubro de 2004 às 19:17
AAAAAAAAH.... não percebi, mas acredito lol
Visita-me em http://paradinha.blogs.sapo.pt/ e diverte-te á brava!!!Vitinha
(http://paradinha.blogs.sapo.pt)
(mailto:fernando_alvim@hotmail.com)


Comentar post

ANO XV


EDITORIAL
. Posts recentes

Póvoa de Varzim, ...

Portugal, 2008

Um caso clássi...

Memorandum

Portugal, 2006

Vila Franca de Xira, 2...

Portagem, 2011

Foz Tua, 2016

Portugal, 2017

E.N. 246-1, 2011

. Arquivos
. Links