Sábado, 25 de Setembro de 2004
Actualidade
Um sintoma de que nos afastamos da observação simples das coisas simples é o barulho à volta da febre da carraça.
A ser de facto a febre da carraça.
Quantos de nós sabem hoje o que isso é?
Quantos urbanos possuidores de cães?
Quantos campistas?


por MCV às 17:05
endereço

3 comentários:
De Anónimo a 30 de Setembro de 2004 às 00:57
O meu é cão de quintal. Quando vai ao monte, é preciso umas horas de "catação" para lhe arrancar os bichos. Até hoje, não houve novidade.
Abraço
Manuel
</a>
(mailto:gasolim@hotmail.com)


De Anónimo a 26 de Setembro de 2004 às 23:23
Eu tenho um cão, que por acaso há cerca de um ano apanhou, precisamente, uma febre da carraça e passou muito mal. Mas, vá lá, recuperou.
abraço, GGatodelisboa
</a>
(mailto:gatodelx@hotmail.com)


De Anónimo a 26 de Setembro de 2004 às 23:20
Eu tenho um cão, que por acaso há cerca de um ano apanhou, precisamente, uma febre da carraça e passou muito mal.
abraço, GGatodelisboa
</a>
(mailto:gatodelx@hotmail.com)


Comentar post

ANO XIV


EDITORIAL
. Posts recentes

A transitar, em 2016

Memória telúrica

Portugal, 2013...

Vila Nova de Milfontes...

E.N. 268, 1988

Lisboa, 2007

Tudo a zeros

E.N. 3-13, 2013

Sintra, 2012

E.N. 10, 2007

. Arquivos
. Links