Segunda-feira, 13 de Setembro de 2004
Falta de verba
Às vezes, parece que é altura de fazer um peditório ou iniciar umas "démarches" para conseguir um verbo.
Mas, se calhar, é mesmo melhor estar calado.
Se a verborreia é má - eu acho que é - também a falta de verbo não ajuda a quem teve esta ideia de aqui ir escrevendo umas coisas.
Mas não me queixo.
Estas coisas são assim mesmo. Uns dias dizem-se uns disparates, outros frases sem sentido e às vezes, uma coisinha de jeito.
E há estes, com falta de verba, digo, de verbo.
Dizer qualquer coisa para não estar calado. Há alguma palavra para designar não o que se cala, mas o que não escreve?


por MCV às 18:23
endereço

1 comentário:
De Anónimo a 14 de Setembro de 2004 às 00:35
Nunca achei que este espaço do Amigo Manuel fosse algo sem sentido. Bem ao invés.
Um abraçoLetrasAoAcaso
(http://LetrasAoAcaso.weblog.com.pt)
(mailto:LetrasAoAcaso@hotmail.com)


Comentar post

ANO XV


EDITORIAL
. Posts recentes

Portugal, 2008

Um caso clássi...

Memorandum

Portugal, 2006

Vila Franca de Xira, 2...

Portagem, 2011

Foz Tua, 2016

Portugal, 2017

E.N. 246-1, 2011

Apúlia, 2017

. Arquivos
. Links