Segunda-feira, 28 de Junho de 2004
Perguntas parvas
Uma candidatura forte tem que ter dez estádios novos ou remodelados? Nesse caso, ganha sempre?
Se ainda não ganhámos o torneio, porque é que já querem dar-nos as prebendas?
Porque é que as manifestações são combinadas por SMS e não por telefonemas? Porque sai mais barato? Porque não é preciso argumentar? Porque pode acontecer que o alvo não atenda?
Qual é a definição de espontâneo?
Será verdade que os trabalhadores das áreas de serviço da Galp são uma boa amostra da população portuguesa? - pressupondo que não têm ouvido outra coisa senão "menos ais..."


por MCV às 17:34
endereço

ANO XIV


EDITORIAL
. Posts recentes

Olho de Boi, 2...

Lisboa, 2012

Mourão, 2013

A cadela que pariu qua...

Lisboa, 2010

Sines, 2011

Estação C.F. de Queluz...

Lisboa, 2008

Sem (saber) le...

Porto Brandão, 2009

. Arquivos
. Links