Domingo, 13 de Junho de 2004
Europa
Como tudo na vida, a ideia de uma União Europeia é um cadinho de contradições.
A organização social dos homens é, aos olhos de um leigo, um processo demasiado complexo e cheio de incertezas, do qual se sabe apenas, e com o rigor possível, alguma coisa dos últimos dois mil anos.
Assistimos pelos relatos históricos a uma sedimentação de relações sociais com base num território, em ciclos de séculos.
Criar uma Europa Unida por decreto não será fácil. Deixar que ela se crie apenas pela mobilidade e pelas referências conjuntas dos cidadãos também não é garantido.
A questão da identidade é uma questão de escala.
À escala da aldeia, os da aldeia vizinha são forasteiros.
À escala da região, os da região ao lado têm outros costumes.
À escala dos países, os estrangeiros falam (ou não) outras línguas, comem outras coisas, manifestam-se de outro jeito.
Há ciclos de expansão de identidade e outros de recessão. Umas vezes defendemos a França, outras guerreamos os vizinhos do bairro.
Mas a Europa actual enquanto ensaia a moeda única, empurra petroleiros em risco de naufrágio, através de linhas de fronteira que ninguém distingue no mar.
Enquanto se comove com os atentados à sua civilização, degladiam-se os estados que a integram por protagonismos nesta ou naquela direcção.
Enquanto rasga estradas e vias férreas, preocupa-se com a excessiva atracção de alguns dos seus pólos.
Nada é garantido. A não ser que, em alguns séculos, uma realidade diferente terá lugar. Quanto tempo demorará, julgo que ninguém se atreve a palpitar.


por MCV às 23:17
endereço

1 comentário:
De Anónimo a 13 de Junho de 2004 às 23:51
Caro Manel,
Concordo consigo. É uma luta pelo poder. Sempre o foi. Como ficamos nós, no meio dessa luta, é algo que me pergunto... e com muita preocupação.

Um abraço

G.GatodeLisboa
</a>
(mailto:Gatodelx@hotmail.com)


Comentar post

ANO XIV


EDITORIAL
. Posts recentes

Memória telúrica

Portugal, 2013...

Vila Nova de Milfontes...

E.N. 268, 1988

Lisboa, 2007

Tudo a zeros

E.N. 3-13, 2013

Sintra, 2012

E.N. 10, 2007

E.N. 250, viaduto da A...

. Arquivos
. Links