Quarta-feira, 12 de Maio de 2004
Directamente das Palavras de SG
sem mais comentários



Pinguins de papo para o ar em pleno Mar Báltico

Charge – grito lancinante de um dos primeiros centuriões a chegar perto do cosseno ribeirinho, constatando que o decrépito olival já não pertencia a seu tio e que a ignorância dos cabelos era maior em cima do convento do que na própria azinhaga fatal.
Bolbo raquidiano é uma porção de sentinelas alcoolizados dentro de um balde de potassa, atendendo a que os olhos dela só me vêem a mim na banda permitida que vai de 4000 Å a 7000 Å, não esquecendo que um chapéu de chuva ao sol pode ficar retemperado com dietas lá na Áustria tirolesa.
A simultaneidade de critérios em casa do café não passa por uma homeostasia límpida em quatro sectores já que Decimal, o Verdugo, não se mostra condescendente com as atitudes mais ou menos vegetais da filha dos quintos logaritmos rurais e a potência do vassalo passa a assumir, a partir de certa ordem, valores incompatíveis com a sonorização da lira camoniana.
O cerne da questão passa, desta forma, a ser um celibatário não concorrente à eleição das misses do ano transacto, o que nos leva a pensar em termos de macrocefalia descritiva e geográfica, ou não fôssemos nós velhos barcarenos à procura da notícia podre do fim do dia Austral, quando as cabanas dos indígenas se revestem de tonalidades azuis-celestes e os pássaros emigrados reclamam por extenso, de cima dos fios de telefone.
A cidade perdida de Tuta-e-Meia terá sido sepultada por uma erupção do vulcão Stª Helena ou a possibilidade remota de a podermos avistar do Castelo dos Mouros assume já foros de verdadeira sensacionalidade?
Ao fim e ao cabo, prefiro o cabo.

SG, "Palavras de Dom Goda", 1980


por MCV às 20:58
endereço

1 comentário:
De Anónimo a 12 de Maio de 2004 às 22:42
Ao fim e ao cabo, também prefiro o cabo!
Abraços e obrigado por me ires lendo. Desconhecia de todo este blog excelente.
LetrasAoAcaso
(http://LetrasAoacaso.weblog.com.pt)
(mailto:manintherisingsun@hotmail.com)


Comentar post

ANO XIV


EDITORIAL
. Posts recentes

Mora, 2017

Serra de Grândola, 201...

Sim, Senhora Ministra<...

Vale do Peso, 2017

Portimão, 1989...

Estação C.F. do Entron...

Homicídio

Abrantes, 2012

Estação C.F. de Alvega...

Espanha, 2010

. Arquivos
. Links