Sábado, 13 de Março de 2004
Basta ya
Quando ouço estas palavras, tragicamente repetidas ao longo de anos, interrogo-me sempre sobre o destinatário e a sua utilidade.


por MCV às 15:00
endereço

1 comentário:
De Anónimo a 13 de Março de 2004 às 22:19
Não basta gritá-las, amigo. Não vamos lá assimphileas
(http://horizontequaseperdido.blogspot.com/)
(mailto:phileasfogg@netcabo.pt)


Comentar post

ANO XV


EDITORIAL
. Posts recentes

Portugal, 2016

Mourão, 2017

Albufeira de A...

Restos de colecção (82...

Fátima e o resto

Portugal, 2009

Rio Mira, 1988...

Alvor, 1989

São Salvador do Mundo,...

Janas, 2006

. Arquivos
. Links