Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2006
Desabafo
Quando não existe cidadania, é forçoso que haja medo.
Sem uma coisa ou outra, a dissolução é inevitável.

O que se repete, repete, repete, sem que se vislumbrem melhorias, é o facto de, sempre que existem algum tipo de ondas a atravessar a sociedade, se verificar que em cargos de responsabilidade se encontram muitas pessoas intelectualmente incapazes.

Parece-me não haver nada mais vulgar do que o que acabei de dizer, mas é mesmo um desabafo.


por MCV às 16:28
endereço

2 comentários:
De Anónimo a 20 de Janeiro de 2006 às 21:41
É verdade, amigo, nada de mais corriqueiro. É mesmo só um desabafo. Às vezes tem que ser. Abraço
Manuel
</a>
(mailto:h.gasolim.ultramarino@gmail.com)


De Anónimo a 20 de Janeiro de 2006 às 21:17
O consolo, se o é, é que sempre foi assim e a humanidade continua a existir.Mas vale o desabafo, que é o contraponto.Santos Passos
(http://santospassos.blogspot.com)
(mailto:santos.passos@uol.com.br)


Comentar post

ANO XV


EDITORIAL
. Posts recentes

15 minutos

Das festas em 2017

14 anos se passaram

Mora, 2017

Serra de Grândola, 201...

Sim, Senhora Ministra<...

Vale do Peso, 2017

Portimão, 1989...

Estação C.F. do Entron...

Homicídio

. Arquivos
. Links