Quinta-feira, 3 de Agosto de 2017
Homicídio

Pelo que se conhece, parece difícil a sustentação de homicídio por negligência no caso do Cessna na Caparica.
A crer no que se ouviu, houve uma decisão de aterrar na praia.
Decisão essa que quase inapelavelmente iria causar vítimas.
Ao contrário do que sucederia se se tivesse afastado o avião para o mar.



por MCV às 01:36
endereço

ANO XV


EDITORIAL
. Posts recentes

Portugal, 2012

Lisboa, 2017

Sintra, 2016

E.N. 263, 2011

Póvoa de Varzim, ...

Portugal, 2008

Um caso clássi...

Memorandum

Portugal, 2006

Vila Franca de Xira, 2...

. Arquivos
. Links