Segunda-feira, 18 de Outubro de 2021
A curva da estrada

Não é mistério. Qualquer estudo de fluidez há-de concluir algo de nada transcendente.
O certo é que os simples se aglomeram em fila sem justificação para entrar na A16 em direcção ao Algueirão e seguintes, vindos do IC19 do lado de Lisboa.
Não há ali obstáculo, entra-se na A16 por uma faixa de aceleração bem dimensionada, que corresponde à única faixa de acesso, pelo que uma velocidade moderada se compagina bem com um fluxo mais intenso. Ainda assim, fica tudo parado enquanto uma caterva de chicos-espertos aproveita para furar a fila e dessa forma empatar de facto.
Calços de travão…


imagem do Google



por MCV às 21:00
endereço

Domingo, 17 de Outubro de 2021
Os calços de travão

Os simples identificam-se bem na estrada.
Um dos sinais que ostentam é o contínuo uso do pedal do travão sem qualquer necessidade.
É vê-los, ao volante de carros poderosos, na faixa mais à esquerda da auto-estrada, sem que haja tráfego nas restantes, a travar sem obstáculos à frente.
A substituição de calços de travão deve ser um óptimo negócio.



por MCV às 00:44
endereço

Sexta-feira, 15 de Outubro de 2021
Monólogos

Com a idade, os interlocutores cada vez mais se transfiguram em monologantes.
Por vezes insuportáveis quando tratam de assuntos tão próprios que só a eles dizem respeito ou quando verberam o mundo por não se acomodar com as suas expectativas.



por MCV às 22:51
endereço

Quinta-feira, 14 de Outubro de 2021
AK 47

Não esperava a série AK das novas matrículas, embora a hipótese houvesse sido lançada em tempos.
Nunca se viu um K, um W ou um Y nestas novas séries. Algum ocaso aconteceu entretanto. Mais do mesmo.


Em 2017 escrevia o IMT:
Note-se que não considerámos a utilização das letras Y, K e W, que deverão futuramente passar também a ser utilizadas, dado que na sequência do Acordo Ortográfico, estas letras passaram a integrar o alfabeto.



por MCV às 22:31
endereço

COP 26



Creio que não haverá muito mais a dizer sobre a próxima Conferência COP 26 do que já foi escrito lá em 2009.
Veremos no que dá.



por MCV às 12:41
endereço

Terça-feira, 12 de Outubro de 2021
Гла́сность

Uma das maiores falácias dos interventores políticos é o clamor por transparência.
Qualquer sociedade que governada fosse com transparência estaria consignada ao caos.



por MCV às 14:51
endereço

Cartilha



Calculo que remonte à primeira organização social o uso de uma cartilha oral dita tradicional que contivesse a essência do pensamento dos influentes mesclado com o das massas.
Na actualidade, chamamos a isso o pensamento politicamente correcto.
Percebe-se a irrelevância racional de tal conceito.



por MCV às 14:45
endereço

Domingo, 10 de Outubro de 2021
Notas sobre a Covid-19



por MCV às 19:02
endereço

Memorial do acidente ferroviário de Alcafache, 2014



por MCV às 16:36
endereço

Sexta-feira, 8 de Outubro de 2021
Ainda falta



por MCV às 22:55
endereço

Quinta-feira, 7 de Outubro de 2021
Portugal, 2012



por MCV às 03:36
endereço

Domingo, 3 de Outubro de 2021
Óculos

Entre os simples, o hábito de tirar e pôr os óculos sem razão, quando estes não são de uso imprescindível, é uma imagem de marca.



por MCV às 03:50
endereço

Sexta-feira, 1 de Outubro de 2021
Cova do Vapor, 2015



por MCV às 17:15
endereço

Quinta-feira, 30 de Setembro de 2021
Justiça

Tenho dito.



por MCV às 22:51
endereço

Quarta-feira, 29 de Setembro de 2021
Erupção

Eruptiu entre os jornalistas a ideia de que jamais a lava de um vulcão teria chegado ao mar.
Daí, as inúmeras especulações sobre o assunto que foram notícia.



por MCV às 10:34
endereço

Quinta-feira, 23 de Setembro de 2021
PM

Ouvir o PM dizer que o R(t) era negativo e omitir que a incidência se refere a um intervalo de 14 dias, apenas reafirma a imagem de nulidade intelectual que tenho dele.



por MCV às 16:01
endereço

Sábado, 18 de Setembro de 2021
Estranhamente

Por um acaso, detive-me há pouco a ver a TVI24.
O convidado era Luís Filipe Menezes.
Por um acaso, dei por mim a concordar com ele.
Por um acaso, dei por mim a defender Ferro Rodrigues.
A sanha da turbamulta tem destes efeitos.



por MCV às 23:42
endereço

Sinais

O frenesim de mostrar obra concluída dias antes da eleição autárquica é um sinal de simplicidade:
a) dos autarcas
b) dos munícipes
c) de ambos



por MCV às 21:13
endereço

Quinta-feira, 16 de Setembro de 2021
Trafaria, 2009



por MCV às 23:08
endereço

Recenseamento de tráfego

Em tempos, a JAE instalou ao longo das estradas nacionais umas cabinas destinadas ao abrigo dos recenseadores de tráfego.
Neste afã paraciclista, seria interessante que os novos elencos municipais dotassem as suas ciclovias de cabinas tais, em apoio aos decifradores de quantidade de ciclistas que aí circulam.



por MCV às 18:30
endereço

Adenda aos posts anteriores

Até um dos gráficos ilustrativos do discurso do VALM Gouveia e Melo ia com a legenda incorrecta, pelo que o próprio foi obrigado a corrigir a tempo.
Que gente é esta?



por MCV às 18:14
endereço

Infelizmente, é o costume

Como é que é possível que, a nível regional, a diferença publicada entre número de vacinados, de uma semana para outra, nunca bata certo com a diferença dos números publicados numa semana e noutra?
A nível nacional, essa diferença deixou de estar errada a partir de 27 de Junho por uma excelente razão - deixou de ser publicada.
Que gente é esta que lida com estes números?



por MCV às 15:31
endereço

Infelizmente, é o costume

Como é que é possível que um elemento da DGS diga tantos disparates por m² para a audiência reunida no auditório do Infarmed?



por MCV às 15:23
endereço

Quarta-feira, 15 de Setembro de 2021
Manicómio

Aquele parágrafo de Fernando Pessoa será sempre imortal:
"Na vida de hoje, o mundo só pertence aos estúpidos, aos insensíveis e aos agitados. O direito a viver e a triunfar conquista-se hoje quase pelos mesmos processos por que se conquista o internamento num manicómio: a incapacidade de pensar, a amoralidade e a hiperexcitação."
Vide este alarme



por MCV às 19:49
endereço

Vergonha

Há sempre um número de profissionais carimbados e tarimbados que não se envergonha de dizer básicas asneirolas, julgando que dessa forma servem interesses políticos.
É ouvi-los nas campanhas eleitorais.



por MCV às 19:30
endereço

ANO XIX
EDITORIAL
. Posts recentes

A curva da estrada

Os calços de travão

Monólogos

AK 47

COP 26

Гла́сность

Cartilha

Notas sobre a Covid-19

Memorial do acidente ferr...

Ainda falta

. Arquivos
. Links