Terça-feira, 30 de Junho de 2020
Prendas

Há mais de dez anos que a andorinha de louça entrou para a minha lista de compras essenciais, a par do Cristo-Rei em plástico e da buzina de bexiga.

E foi justamente ela a primeira a decorar-me a casa. Hoje terminei a aposta com a aquisição da buzina.

Coisa, pois, com mais de dez anos e que visava decerto objectos do século XX. Todos eles são do século XXI e o mais afastado da memória requisitante é, sem dúvida, o Cristo-Rei.

Mas já cá moram.

 



por MCV às 23:29
endereço

Quarta-feira, 24 de Junho de 2020
Gasolim, quase 9 anos de gasóleo



por MCV às 07:29
endereço

Quinta-feira, 11 de Junho de 2020
Cabo Espichel, 2018



por MCV às 04:20
endereço

Domingo, 24 de Maio de 2020
Mem Martins, 2008



por MCV às 08:55
endereço

Sexta-feira, 22 de Maio de 2020
Setúbal, 2006



por MCV às 11:12
endereço

Quinta-feira, 21 de Maio de 2020
Cachopo, 2014



por MCV às 08:41
endereço

Sábado, 9 de Maio de 2020
Quem sabe?

Quem sabe quando foi a última vez, pelos séculos dos séculos, em que não houve Feira de Garvão?


imagem da página da C. M. de Ourique



por MCV às 22:26
endereço

Domingo, 3 de Maio de 2020
Estação C.F. do Oriente, 2019



por MCV às 22:21
endereço

Sábado, 2 de Maio de 2020
Mundo ocidental e o resto, vistos dos números da OMS





A explicação para o desfasamento destes números é a ausência de notificações no "resto do mundo" ou uma predilecção do vírus pelo mundo ocidental?



por MCV às 01:32
endereço

Sexta-feira, 1 de Maio de 2020
Método II

Complementando a informação do post abaixo, registe-se o seguinte:
Entre 26 e 27 de Março, a informação disponibilizada pela DGS sobre os casos de COVID-19, que havia começado a 24 e era concelhia passou a ser nas Regiões Autónomas, por ilha. Foi um fósforo que logo se extinguiu. A ausência de método já se notava.
Tem o país quatro concelhos que, dois a dois, são homónimos – Calheta, na ilha da Madeira; Calheta, na ilha de São Jorge; Lagoa, no Algarve ou distrito de Faro e Lagoa, na ilha de São Miguel.
Pois bem, entre 28 de Março e 26 de Abril, ora com a designação Calheta (Açores) ora só com a designação Calheta, o número de infectados oscilou entre 4 e 6. Presumiu-se que todos os dados se referiam à Calheta de São Jorge, uma vez que o primeiro registo, de 28 de Março, se referia a Calheta (Açores).
A 27 e 28 de Abril, deixou de haver infectados na Calheta de São Jorge e passaram a estar 3 pessoas infectadas na Calheta da Madeira.
A 29 de Abril, havia 3 infectados na Calheta da Madeira e 6 na Calheta de São Jorge.
A 30 de Abril, havia apenas 6 infectados numa Calheta, sem que se soubesse qual delas.
Não se deve isto na certa à mobilidade de casos, de concelho para concelho, conforme foi referido pelo Subdirector-Geral da Saúde. Deve-se seguramente a anomalia de método. Ou à falta dele.
Não se entende, já o disse, que não haja uma designação única e inequívoca para cada concelho do país. E que se ande a mudar um campo fixo de uma matriz, de dia para dia.
Decerto que isto é mais do que secundário numa altura em que se trava um combate contra uma doença. O que é preocupante é que reflicta qualquer coisa da atitude geral.



por MCV às 00:58
endereço

Quarta-feira, 29 de Abril de 2020
Método

aqui mencionei a ausência de método na elaboração da tabela concelhia de casos de COVID-19 publicada diariamente pela DGS, desde 24 de Março, primeiro por ordem descendente de número de casos, com um mínimo de três*, depois por ordem alfabética.
Só a impreparação ao nível do mais básico ou a tentativa de baralhar (denunciar) o copy-paste de tais tabelas leva a que surjam em dias diferentes designações diferentes para alguns concelhos. Assim:


(clicar para ampliar)

Quem faz uma tabela com um campo fixo, neste caso os municípios portugueses, não altera esse campo de cada vez que o dia muda e se alteram os registos.
Quando estas coisas se verificam, inclino-me sempre para que sejam produções de mentes básicas.
O problema é, se assim fôr, que mais tarefas são entregues a tais indivíduos?

*este mínimo de três é estabelecido para não violar o segredo estatístico, diz a DGS. Confesso que não percebo em que medida o anúncio de um só caso (ou de dois) viola o segredo estatístico. Será que a DGS percebe?



por MCV às 23:38
endereço

Terça-feira, 28 de Abril de 2020
Lisboa, 2020



por MCV às 11:49
endereço

Terça-feira, 21 de Abril de 2020
Peste

Relembrando coisas não tão antigas (com meia dúzia de anos) – qual será a peste que vai dizimar boa parte da humanidade?



por MCV às 06:21
endereço

Segunda-feira, 20 de Abril de 2020
25 de Abril

Não se trata de uma questão de opinião, de valores, de posição política.
A celebração do 25 de Abril mais ou menos nos moldes habituais na AR é uma questão de estupidez.
De resto, como muitas outras.



por MCV às 00:31
endereço

Terça-feira, 14 de Abril de 2020
Santa Ignorância

Foi preciso chegar a sexagenário e acontecer esta crise toda para eu saber que existe uma tradição de beija-cruz.



por MCV às 01:18
endereço

Sábado, 11 de Abril de 2020
Orwelliano
Impressionantemente orwellianos são os drones falantes.


por MCV às 19:11
endereço

Informação

A ausência de método nos boletins publicados pela DGS, que se traduz entre outras coisas, na designação de cada concelho de forma diferente consoante os dias, deve-se a uma tentativa de dificultar a compilação dos dados pelo público ou é apenas outra coisa que por agora não designo?



por MCV às 14:43
endereço

Segunda-feira, 23 de Março de 2020
Mundo

Nunca o mundo foi tão igual.
Nem nas guerras.



por MCV às 18:38
endereço

Segunda-feira, 16 de Março de 2020
O ano da...

Poucos são os anos em que o acontecimento marcante é conhecido a meio de Março.



por MCV às 08:51
endereço

Domingo, 15 de Março de 2020
Teletrabalho

Uma das consequências desta crise é a consciência de que se pode trabalhar a partir de casa em significativo número de profissões.



por MCV às 01:37
endereço

Sexta-feira, 6 de Março de 2020
Rafael Correia


imagem da página da Rádio Renascença

Pertenço ao grupo dos que viveram os melhores anos da vida embalados pelos contos reais de Rafael Correia.
Gratas memórias!
Grande obra!



por MCV às 20:26
endereço

Quarta-feira, 4 de Março de 2020
Sarilhos Pequenos, 2013



por MCV às 00:45
endereço

Segunda-feira, 2 de Março de 2020
Lisboa, 2020



por MCV às 23:17
endereço

Domingo, 1 de Março de 2020
Comparação entre 2009 e 2020



por MCV às 12:44
endereço

Quinta-feira, 27 de Fevereiro de 2020
Motivos para deserdar alguém (mais um da série de)

Ouvi-lo dizer que os vírus não conhecem fronteiras.



por MCV às 21:31
endereço

ANO XVII
EDITORIAL
. Posts recentes

Prendas

Gasolim, quase 9 anos de ...

Cabo Espichel, 2018

Mem Martins, 2008

Setúbal, 2006

Cachopo, 2014

Quem sabe?

Estação C.F. do Oriente, ...

Mundo ocidental e o re...

Método II

. Arquivos
. Links