Sexta-feira, 1 de Março de 2024
Desde que eles foram à Lua

Quem tenha idade para se lembrar dos anos 70 saberá que os climatologistas eram praticamente unânimes em afirmar que não existiam dados que confirmassem as alterações climáticas que eram amiúde referidas pela vox populi:Desde que eles foram à Lua, isto nunca mais foi o mesmo.”
Pois bem, passaram 50 anos e a memória do povo continua a traí-lo.
E nesse ínterim os climatologistas agora de serviço desdizem o que os seus antecessores proclamavam.
A boa ciência, que não adere a modas, evolui aprofundando teorias, melhorando métodos, criando maiores aproximações à descrição dos fenómenos. A má ciência, ancorada em papagaios acríticos, torna-se caixa de ressonância de modismos pouco analíticos, sujeitos a desmentido a breve trecho.
O que é relevante neste caso é que aparentemente os dados que não existiam há 50 anos já existem hoje, uma vez que a teoria em voga dita que as alterações climáticas vêm do início da época industrial.
Entretanto a exaustão dos recursos, a superpopulação e a poluição dos habitats são letra morta entre os politicamente correctos. Não angariam votos nem ficam bem na estante das ideias feitas.




Não fazem um

Do Chega ao Bloco de Esquerda, os cabecilhas que se apresentam a escrutínio todos juntos não fazem um.
E o que não falta é cópia de encómios a todos e a cada um, equiparando-os à papeleira da Ericeira.
Nas fasquias baixas passa qualquer um.



por MCV às 14:14
endereço | comentar

Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2024
Inteligência



A qualidade que muitos atribuem a torto e a direito a fracos políticos está afinal patente em simples papeleiras de rua.
Não admira assim que seja dom espalhado ao desbarato.




Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2024
Campanha

Já está disponível a formulação de 2024.



Imagem surripiada acolá e alterada

Em todas as feiras.
Não se aproveita um.



por MCV às 02:51
endereço | comentar

Domingo, 25 de Fevereiro de 2024
Grândola, 2011



por MCV às 23:14
endereço | comentar

Sábado, 24 de Fevereiro de 2024
Onde chove e onde não chove



por MCV às 12:57
endereço | comentar

Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2024
Covas de lobo

Ao ter que lidar com o atendimento à distância de qualquer serviço público (não me recordo de um só em que não tenha acontecido) depara-se-me sempre o mesmo imbecil, incapaz de perceber uma pergunta formulada em português e, claro, dotado de um manual de procedimentos que não hesita em declinar.
Ou se trata de facto de uma barreira eficaz contra a turba que reclama e contesta ou, não sendo isso, é o resultante da fornada de imbecis que a cada ano se vai formando nas escolas, fruto das absurdas teorias facilitistas e coitadinhistas.
Tenho saudades de pessoas certas no lugar certo, sabedoras dos assuntos de que se ocupavam.



por MCV às 15:16
endereço | comentar

Lapas, 2012



por MCV às 01:36
endereço | comentar

Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2024
Estrada

Um destes dias cruzei-me com um dos meus primos numa estrada muito concorrida. Sei-o não porque lhe reconheci a cara mas o carro, um veículo singular.
Veio-me à memória nessa altura o que sucedia outrora com os cruzamentos nas estradas do meu Alentejo.
A partir de um certo ponto nas viagens para Sul nos escassos cruzamentos que então ocorriam era quase certo identificar pelo carro o condutor que seguia em sentido contrário ou aquele que nos ultrapassava ou era ultrapassado.
Como está longe esse tempo!



por MCV às 18:26
endereço | comentar

Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2024
Praias do Sado, 2013



por MCV às 21:04
endereço | comentar

Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2024
Popular



por MCV às 00:12
endereço | comentar

Domingo, 18 de Fevereiro de 2024
96 anos



Goggle Maps



por MCV às 03:41
endereço | comentar

Sábado, 17 de Fevereiro de 2024
Jus

Esperar do edifício a que chamam justiça resultados como se ele fosse constituído por gente inteligente, é caso para esperar sentado.



por MCV às 14:20
endereço | comentar

Sexta-feira, 16 de Fevereiro de 2024
Alhandra, 2009



por MCV às 01:08
endereço | comentar

Segunda-feira, 12 de Fevereiro de 2024
Velho do Restelo



Confesso que nunca passei grande cartão às campanhas eleitorais, mesmo no tempo em que ainda fiz uma perninha.
Chegado à terceira idade e por mor disso mesmo mais sensível às atitudes disparatadas, dou por mim incomodado com a vozearia dos vendedores de ádipe ofídico que agora se faz ouvir.
E com o benfiquismo com que um e outro hemisfério defende as bojardas dos seus acólitos e verbera as dos oponentes.
Já não vou a caminho do Restelo. Já lá estou instalado.



por MCV às 17:21
endereço | comentar

Domingo, 11 de Fevereiro de 2024
106 anos



Goggle Maps



por MCV às 18:59
endereço | comentar

Sábado, 10 de Fevereiro de 2024
Um nome

No início era um nome.
Um nome fora de ordem alfabética, acrescentado à ultima à lista de presenças, declinado dia após dia sem que se ouvisse “presente!”.
Não foi difícil a nenhum de nós na turma fixá-lo ao fim de umas quantas chamadas.
Nesse início havia uma jovenzita franzina que fazia uma boa parte das despesas da diversão enquanto esperávamos a camioneta no fim das aulas.
Não sei ao certo quando, anos depois, dei pela presença dele, finalmente arribado ao nosso liceu. Talvez ao pé dela, talvez não. Mas demorou até que ligasse o nome, o tal nome repetidamente guardado na memória, à pessoa.
Nesses tempos de adolescência passou a coisa célere até ao namoro firme dos dois. E de ser impossível dissociar um do outro.
Muito longe estava eu de saber então que ia acompanhar de perto todo o percurso de quatro décadas e tal de casamento, filhos e netos.
O nome fica agora na memória acompanhado de um sem-número de aventuras, de dias bons e maus, de agora diariamente querermos saber um do outro.
Ainda que a matéria esteja sepultada algures no nosso Alentejo. Que a ele ganhou por afinidade.
No início era um nome. Repetido diariamente em cada aula. Presente!



por MCV às 08:09
endereço | comentar

Sexta-feira, 9 de Fevereiro de 2024
Tanguirizi

Às vezes suspiro por ouvir uma palavra destas – tanguirizi, por exemplo – saídinha de um filme de cobóis.
Mas passa-me depressa.



por MCV às 16:35
endereço | comentar

Terça-feira, 6 de Fevereiro de 2024
Lisboa, 2023



por MCV às 19:02
endereço | comentar

Segunda-feira, 5 de Fevereiro de 2024
Bons resultados

As avaliações que se vão fazendo à aprendizagem nos diversos graus de ensino mostram que o bom caminho está a ser percorrido: gerações de carneiros estão a ser preparadas, certificadas e carimbadas para serem controladas pela magra elite pensante.
Tudo ao contrário do que esperam os coitadinhistas de serviço, responsáveis pelas teorias educativas.



por MCV às 18:53
endereço | comentar

Domingo, 4 de Fevereiro de 2024
Crato, 2024



por MCV às 21:38
endereço | comentar

Sábado, 3 de Fevereiro de 2024
Queluz, s/d



por MCV às 06:30
endereço | comentar

Quarta-feira, 31 de Janeiro de 2024
E.N. 247, 2024




Segunda-feira, 29 de Janeiro de 2024
Sintra onírica



por MCV às 18:46
endereço | comentar

Domingo, 28 de Janeiro de 2024
Sarilhos Pequenos, 2013



por MCV às 18:37
endereço | comentar

ANO XXI
. Posts recentes

Desde que eles foram à Lu...

Não fazem um

Inteligência

Campanha

Grândola, 2011

Onde chove e onde não cho...

Covas de lobo

Lapas, 2012

Estrada

Praias do Sado, 2013

. Arquivos
. Links