Segunda-feira, 15 de Agosto de 2005
Poucas as palavras
Não sei qual a razão da escassez. Mas as palavras amontoam-se noutros lados. E parece que não fazem sentido.



por MCV às 23:43
endereço

ANO XV


EDITORIAL
. Posts recentes

Pontes de Monfalim, 20...

E.N. 365, 2012

São Torcato, 2014

Baleal, 2006

E.N. 266, 2018

Amanhã é Dia d...

24º

Gibalta, 2018

Valejas, 2006

Rio Tejo, 2007

. Arquivos
. Links