Domingo, 23 de Janeiro de 2005
Sobral de Monte Agrado, como dizem os espanhóis
Houve de facto um leve, muito leve, estremecimento da cadeira.
Aí pelas seis e um quarto.
Como há muitos outros, causados por coisas mais humanas.
Mas o que achei curioso é que o epicentro tenha sido ali para os lados do Sobral de Monte Agraço.
A única história curiosa com sismos, que não posso aqui contar, mas que contarei no dia em que escreva algumas memórias, passou-se ali. No Sobral.
O sigilo profissional não me permite que o faça.
Nas memórias, se lá chegar, já o tempo decorrido tirará qualquer importância ao que ficar escrito.



P.S. O IM parece ir melhorar a informação sismológica. Para já, mais vale consultar a página do Instituto Geográfico Nacional de Espanha, de onde vem esta imagem.


por MCV às 09:37
endereço

ANO XV


EDITORIAL
. Posts recentes

Gasolim

Sintra, 2018

Esquecimento

Portugal, 2014

Estação C.F. de Pegões...

Cova do Vapor, 2018

Fronteira de Galegos, ...

Estação C.F. de Santa ...

Amoreiras-Gare, 2013

E.N. 9, 2006

. Arquivos
. Links