Terça-feira, 28 de Abril de 2009
Cegueira

Quando Saramago escreveu o “Ensaio sobre a cegueira”, acrescentou um título mais às obras que a literatura consagrou a pragas.
A minha obra preferida é “O dia das Trífides”, de John Wyndham, inexplicavelmente desaparecida das minhas estantes.
Também ela trata da cegueira.
Sem cegos, há também “Vuzz”, de P.A. Hourey e muitos outros livros interessantes.

A cegueira que ora se vê é a que nos dizimará, no dia em que nos enfrentarmos com algo muito contagioso e muito letal.
É ela que se expressa em todas as suas formas nas medidas ridículas, na propaganda absurda, no comportamento das massas.



por MCV às 20:50
endereço

3 comentários:
De Bic Laranja a 29 de Abril de 2009 às 19:52
Mas há aquelas máscaras contra poeiras!...
Cumpts.


De Bic Laranja a 29 de Abril de 2009 às 20:03
Usei uma fotografia sua sem lhe pedir. Espero que não se aborreça disso. Obrigado!


De MCV a 29 de Abril de 2009 às 21:10
Ora essa!
Um dia contarei aqui uma história sobre máscaras, daquelas para ambientes deletérios, nas quais se colocam filtros adequados às circunstâncias.
Abraço


Comentar post

ANO XVII


EDITORIAL
. Posts recentes

Um desastre

Lisboa, 2019

Geringonça

7,... x 10 à nona

Era Lunar

Moura, 2017

Com duas baixas no pel...

Escassez

Colares, 2019

Céu de 22000

. Arquivos
. Links