Domingo, 20 de Dezembro de 2015
Acidentes ferroviários quase esquecidos (parte III)


Diário Popular, de 21 de Dezembro de 1965

Apenas dois dias depois do grande acidente com o Sud-Express, um comboio da Linha de Sintra chocou de frente com um mercadorias entre o Algueirão e a Portela de Sintra.
Resultaram daí vinte mortos e dezenas de feridos.
Na época não se descortinaram os motivos que levaram o maquinista do mercadorias a abandonar a estação de Sintra sem a devida autorização e a fazê-lo, ainda por cima, pela via contrária.
O acidente produziu-se cerca de 3 km mais à frente, quando embateu de frente com a composição de passageiros que vinha de Lisboa e já havia transposto Algueirão – Mem Martins.
Na minha memória, estando presentes ambos os acidentes, este e o do Sud, não os julgava tão próximos no tempo.
No mesmo dia, um acidente muito menos grave ocorreu na Praia do Ribatejo.
Esta catástrofe também não figura nas habituais listas de acidentes ferroviários. Faz hoje 50 anos.



por MCV às 03:44
endereço

ANO XVII
EDITORIAL
. Posts recentes

Mem Martins, 2008

Setúbal, 2006

Cachopo, 2014

Quem sabe?

Estação C.F. do Oriente, ...

Mundo ocidental e o re...

Método II

Método

Lisboa, 2020

Peste

. Arquivos
. Links