Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2024
Covas de lobo

Ao ter que lidar com o atendimento à distância de qualquer serviço público (não me recordo de um só em que não tenha acontecido) depara-se-me sempre o mesmo imbecil, incapaz de perceber uma pergunta formulada em português e, claro, dotado de um manual de procedimentos que não hesita em declinar.
Ou se trata de facto de uma barreira eficaz contra a turba que reclama e contesta ou, não sendo isso, é o resultante da fornada de imbecis que a cada ano se vai formando nas escolas, fruto das absurdas teorias facilitistas e coitadinhistas.
Tenho saudades de pessoas certas no lugar certo, sabedoras dos assuntos de que se ocupavam.



por MCV às 15:16
endereço | comentar

ANO XXI
. Posts recentes

Lisboa, 2024

Portugal, 2024

Trabalho de polícia

Sporting

a

Racismo

Uma sombra em Espanha

NAL

Ultramarino

Como o meu chapéu

. Arquivos
. Links