Terça-feira, 18 de Janeiro de 2022
Dos 0 aos 5

Não há pachorra para os papagaios que articulam e repetem “crianças dos zero aos cinco (ou o que for) anos”.
Seria tão difícil dizer “até aos cinco anos”?



por MCV às 13:21
endereço

ANO XIX
EDITORIAL
. Posts recentes

O crepúsculo do Sr. Quité...

Crentes

Figueira da Foz, 2013

Alvenaria, alvenaria!

Mais uma descoberta da pó...

Setúbal, 2018

Os quilómetros que passar...

Fora do tempo

Estação C.F. de Carregado...

Lisboa, 2007

. Arquivos
. Links