Terça-feira, 30 de Junho de 2020
Prendas

Há mais de dez anos que a andorinha de louça entrou para a minha lista de compras essenciais, a par do Cristo-Rei em plástico e da buzina de bexiga.

E foi justamente ela a primeira a decorar-me a casa. Hoje terminei a aposta com a aquisição da buzina.

Coisa, pois, com mais de dez anos e que visava decerto objectos do século XX. Todos eles são do século XXI e o mais afastado da memória requisitante é, sem dúvida, o Cristo-Rei.

Mas já cá moram.

 



por MCV às 23:29
endereço

ANO XVII
EDITORIAL
. Posts recentes

Lisboa, 2019

Gáfete, 2020

32 anos depois

Sesimbra, 2006

E.N. 114, 2003

Avante

Portugal, 2013

Prendas

Gasolim, quase 9 anos de ...

Cabo Espichel, 2018

. Arquivos
. Links